RSS

Arquivo da Categoria: Plano Nacional de Leitura

Novidades de dezembro na Biblioteca

Dezembro natalício traz novidades como presentes:

– a tradição renovada, numa versão infantil da Bíblia

– a atualidade portuguesa, em filme português, com atores portugueses – “A Gaiola Dourada”

Gaiola0

 

Anúncios
 

Etiquetas: , , , , ,

S.Martinho de e-leituras na Biblioteca

Em dia de S. Martinho, a Biblioteca propõe e-leituras – ebooks gratuitos.

Uma biblioteca virtual para todos os gostos, sugerida pelo 

professor Carlos Pinheiro :

CIMG3043

 

 

Etiquetas: , ,

A Biblioteca e os concursos

Os concursos estão de volta!

Na Biblioteca da Sá da Bandeira existem as informações

e fazem-se as inscrições –

vamos participar mais uma vez!

A Biblioteca deixa uma inspiração, publicada no Aponta bem:

“NÓS, OS SONHADORES

Há qualquer coisa que nos aproxima.

Nós, os sonhadores, passamos a vida a baixar o vidro do carro para deixar a mão a desenhar ao vento. Ondulamo-la como se um golfinho nos acompanhasse no asfalto, lado a lado.

Nós, os sonhadores, observamos o trajecto das libelinhas e abelhas e zângãos e moscas que embatem no vidro do carro e, com a mesma velocidade que nos lembramos que podíamos ter sido nós a cumprir fatal destino, accionamos o limpa-pára-brisas para sujar ainda mais o vidro. Os semicírculos brancos que se formam em seguida, fazem-nos concordar que as escovas precisam de ser substituídas e, com sorte, pode ser que chova num dia solarengo.

Nós, os sonhadores, após comermos pão com manteiga, tentamos aproveitar as migalhas que se perdem no prato, fazendo pontaria à caneca com um restinho de café. Acertar no alvo pode muito bem melhorar o nosso mundo, dinamizar momentos entediantes e, porque não, o cosmos. Olhamos cá do alto para uma migalha lá no fundo como se de uma galáxia se tratasse.

Depois, nós, os sonhadores, observamos a forma curiosa e única que a mão humana adopta nesse arremesso pericial de migalhas. Enumeramos as suas utilidades e terminamos frequentemente a coçar a cabeça em pensamentos ou a repousar as ideias no queixo, entre o polegar e o indicador, normalmente com o cotovelo a servir de base. Pensamos nos limites do universo.

Dormimos na insónia, acordamos com pavor a obrigações, mas, sempre que possamos, vamos num pulo até à margem de um rio ou à beira-mar no crepúsculo, mesmo que estejamos, em realidade, a ser esborrachados num transporte público alternativo em dia de greve.

Nós, os sonhadores, recusamos deixar fugir uma bola de sabão pelos ares. Rebentamo-la e fazemos em seguida outras tantas até não nos ser possível distinguir uma banheira cheia de espuma de uma garrafa a verter champanhe em cascata.

A música toca na rádio um infindável horizonte que se afasta à medida que nos aborrecemos à procurar de outras frequências, fazendo da ponta do nosso dedo uma caneta numa folha em branco e das nossas vidas um sonho constante.

Nós, os sonhadores, só precisamos de estar acordados.”

nos_sonhadores

 

Etiquetas: , , ,

Maria João Lopo de Carvalho na Biblioteca

Primeiro, prepara-se o ambiente: os livros, as cadeiras para o público, um agrado visual para todos – queremos que a escritora sinta o nosso gosto em a receber.

Logo, um discurso de história próxima de todos nós, estórias de agrado que nos irmanam no orgulho de sermos portugueses, de vivermos nesta Santarém velha de séculos, mas de passado sempre presentificado na literatura que o revisita.Ouvimos falar de mulheres de luz, de ânimo viril e prestes a todas as coragens, uma, pessoa testemunhada, a outra, gente efabulada. Reais para nós que as sucedemos e as admiramos como heroínas de tempos difíceis.

Depois, centrámo-nos em Brites e Beatriz, comuns na graça, diferentes no estatuto de nascimento e no percurso ditado pelo destino. De Brites padeira a Beatriz princesa, a distância de um país, a proximidade do coração.

Gostámos, Maria João, gostámos muito, e ficámos todos presos no seu relato vivo, com a simplicidade de que só quem muito sabe é capaz.

Obrigado, Maria João Lopo de Carvalho!

Biblioteca da Essb encerrou o mês das Bibliotecas Escolares

com verdadeira chave de ouro!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Etiquetas: , ,

“Padeira de Aljubarrota” na Biblioteca

Outubro, mês de leituras:

a Padeira de Aljubarrota vem apresentar-se à Biblioteca da Sá da Bandeira.

Maria João Lopo de Carvalho dará voz a Brites de Almeida.

30 de outubro, 17 horas, na Biblioteca-

uma apresentação e sessão de autógrafos, 

a propósito do romance que honra a mulher mais conhecida de Aljubarrota.

LopodeCarvalho

 

Etiquetas: , , ,

Biblioteca escolar, uma porta para a vida

BEEEE

No Dia da Biblioteca Escolar, a Biblioteca da Essb evoca os 170 livros testemunhos de gerações que caminharam para a vida a partir da Sá da Bandeira. Na Biblioteca, livros de sempre, registados, carimbados, anotados nas margens, usados pelos muitos empréstimos – evidências do estudo, do trabalho, da preparação que uma Escola centenária proporcionou a tantos e tão plenos cidadãos!

A saudação da Biblioteca da Sá da Bandeira a todas as Bibliotecas escolares e a quantos usufruem delas!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Etiquetas: , , ,

Maria João Lopo de Carvalho na Biblioteca da Sá da Bandeira

“Foi ao cabo de uma noite de lua cheia que Aldonça deu à luz. Rezara nove luas

à Senhora do Ó para que o filho fosse varão.”…

E assim começa o romance…

Dia 30 de outubro, às 17 horas, saberemos porquê:

Maria João Lopo de Carvalho vem à Biblioteca da ESSB para uma conversa sobre Brites de Almeida.

Um fim de tarde com história e literatura!

Cartaz

 

 

 

 

 

 

 

Etiquetas: , , ,